VI Jornada Internacional de Mulheres Escritoras

Nossa colaboradora Raquel Naveira estará hoje (06 de maio), proferindo a palestra “A Poesia Total de Maria José Giglio”, na FATEC de Sorocaba, às 19h, celebrando os 80 anos da ilustre escritora.

E nos dias 08 e 09 de maio estará na VI Jornada Internacional de Mulheres Escritoras, no SESC de São José do Rio Preto, proferindo a palestra “Sangue Português: raízes, formação e lusofonia para uma plataforma de solidariedade”.

 VI Jornada Internacional de Mulheres Escritoras

VI ENCONTRO DE REDES DE ESCRITORAS IBEROAMERICANAS

Prêmio “Lygia Fagundes Telles”

Nenhuma originalidade, se pensarmos numa reunião de escritores; dos que se dedicam à arte de embalar as ideias expressas em versos, narrativas, contos, pesquisas, poesia, dramaturgia, redação jornalística e todas as formas de composição das letras na verbalização da memória escrita.

O ineditismo está em uma Jornada que congrega mulheres escritoras, oferecendo-lhes um espaço para reflexão, discussão e intercâmbio, tanto de brasileiras de norte a sul do Brasil, das iberoamericanas, latinoamericanas, as mulheres indígenas, as que estão no campo cortando cana, as jovens universitárias, as mulheres que sabem que saber pensar é fundamental. Uma rara oportunidade de apresentar a produção literária feminina brasileira e internacional a um público maior e interessado na troca de informação. O VI Encontro de Redes e Associações de Escritores e Escritoras, ativando a comunicação via navegação no ciberespaço, foi a forma objetiva que as mulheres encontraram para concretizar possibilidades, vivenciar e compartilhar as experiências com a segurança de que realmente a prática do pensamento desenvolvido na arte de escrever, ler e comunicar com as diversidades. As redes e os eventos são clareiras que se abrem em meio à multidão bombardeada pela informação visual e a dificuldade de se entender através da comunicação verbalizada.

As cidades grandes e as de porte médio abrem portas e permitem que o espaço exista, nesta mescla de mulheres que trazem seus pensamentos através de seus personagens, bagagem com histórias refazendo com o registro da memória que sempre irão manter presentes os retratos de vivências de um referencial do tempo.

Mulheres que escrevem, historiadoras, pesquisadoras, filósofas, poetas, narradoras, ficcionistas, góticas, jornalistas, advogadas, leitoras, todas elas, escrevendo a vida a cada dia. As Jornadas transformam-se em cúmplices certeiras de um mundo menos automatizado onde filhos, maridos, irmãos e filhas encontrarão tempo para pensar, escrever e ler sem pressa, descobrindo mais uma forma de prazer e, ao mesmo tempo, desenvolvendo habilidade para dialogar. O universo feminino literário está descobrindo formas de encontrar-se e dar frutos importantes à sociedade carente de informação.

O prêmio “Lygia Fagundes Telles” soa belo por duas razões: a escritora, a mulher brasileira das letras, nossa digna representante, é um presente do nível de um “NOBEL” do amor. A criação e o existir do prêmio serão a cada ano, a renovação do milagre do ato de escrever, de uma mulher ou homem de algum lugar do mundo que se revele por seu ato de entrega ao coletivo social dos humanos. Estamos em processo de semear boas sementes. A VI Jornada Internacional de Mulheres Escritoras pretende seguir plantando para colher a longo prazo.

Isabel Ortega

Diretora e idealizadora do evento

Mais informações em http://www.jimulheresescritoras.wordpress.com

 

Explore posts in the same categories: Evento, Livros & Autores, Poemas & Poesias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: