Sobre os 100 Anos da Saraiva

por Cyro de Mattos

Este ano, no dia 13 de dezembro, o Grupo Saraiva completará 100 anos. Em comemoração, está  elaborando algumas ações que serão realizadas ao longo do ano. Uma delas é a criação de um hotsite para divulgação dessas ações. E, nele, irá  também publicar depoimentos de pessoas que fizeram parte dessa história. Maria Regina de  Mello, do departamento de Marketing, solicitou-me um depoimento, contando brevemente um pouco de minha  história como autor publicado pela Saraiva e o que representa fazer parte desse centenário.

Leia, a seguir, meu breve depoimento. Fico grato.

“Publicar um livro por uma editora tradicional e expressiva como a  Saraiva  torna-se um prêmio dos mais importantes para o autor de livros infantis. Quando o autor está em começo de carreira, esse prêmio é ainda mais fascinante. Foi o que aconteceu comigo. O fato ressoou dentro de mim como algo que de repente se transformou de sonho em realidade, envolvendo-me com suas ondas cheias de alegria.

Tudo começou quando enviei  para o conselho editorial da Saraiva  os originais de O Menino Camelô  em 1991. Tive a grande satisfação de saber que meu livro havia sido aprovado para participar na Coleção Mindinho e Seu Vizinho, a qual estava sendo criada à época  pela doutora Samira Youssef.. Ano depois, tive uma surpresa agradável.  O livro ganhou o Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Artes, considerado como o melhor do ano nas letras infantis brasileiras.

  De lá para cá, O Menino Camelô  já alcançou mais de  doze edições. Vendeu mais de 120 mil exemplares. Circulou nas livrarias e na sala de aula de escolas brasileiras. Foi adquirido por programas de órgãos de educação e cultura do governo brasileiro.. Foi assim o livro que me lançou como escritor nacional e me incentivou a continuar na jornada literária.

Já publiquei cinqüenta livros,  quarenta e dois no Brasil e oito na Europa. Desse conjunto quatorze  são para crianças. Além de O Menino Camelô, de poesia, publiquei mais quatro livros infantis  pela Saraiva, todos eles com reedições:  O Circo do CacarecoHistórias do Mundo que Se Foi, O Goleiro Leleta e Outras Fascinantes Histórias de Futebol, O Menino  e O Trio Elétrico,  que foi também publicado na Itália. Vários poemas meus foram extraídos desses cinco livros e estão inclusos em antologias e livros de didática infantil.

Um autor é mais conhecido quando mais divulgado por editora séria no circuito nacional. É o que sempre acontece comigo quando o selo editorial no meu  livro é da Saraiva.

Felicito o grupo Saraiva pelos 100 anos de existência, de intensa divulgação e celebração do livro, numa amostra exemplar  de que o mesmo continua vivo, embora sofra a mudança de suporte hoje. A contribuição exemplar do Grupo Saraiva em prol da nossa cultura ressalta que o Brasil é possível,  com pessoas e livros, como já dizia Lobato”..

 

Explore posts in the same categories: Evento, Lingua Portuguesa, Literatura, Livros & Autores

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: