CARMEM

Por Raquel Naveira

Ias no trem,
Bem em frente de mim,
Uns olhos negros,
Uma boca vermelha
Falando espanhol,
Rindo e brincando
Desde a Porta do Sol.

Serias Carmem?
Lolita?
Uma garota bonita
Que talvez tocasse castanhola,
Talvez soubesse de cor
Um poema de Lorca,
Uma cantiga espanhola?

Ias no trem…
Seguiste viagem
Até uma margem da estrada,
Desceste em busca de fontes,
De matas…
Uma estranha,
Um pássaro quente da Espanha.

Explore posts in the same categories: Literatura, Poemas & Poesias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: