Carta do Brasil: AOS 90 ANOS, O CLUBE PORTUGUÊS DE SÃO PAULO RETOMA A TRADIÇÃO CULTURAL

Mário Fragoso (*)

Em virtude da queda do surto emigratório para o Brasil e das novas condições sócio-econômicas do País, desde a segunda metade do século passado, várias das associações luso-brasileiras tem enfrentado dificuldades de toda a ordem, nomeadamente no âmbito financeiro, ao ponto de reduzirem as suas actividades.

Foi o que se passou com o Clube Português de São Paulo que muito se destacou, em particular pelas suas manifestações culturais, além de outras de ordem recreativa e até desportiva. Felizmente, que os dirigentes actuais estão reagindo de modo positivo, eliminando os obstáculos, sob a presidência do Dr. Rui Fernão Mota e Costa que, graças ao apoio de alguns companheiros, conseguiu sanear financeiramente a entidade e deu início às reformas mais urgentes. E ao mesmo tempo abriu novas perspectivas à agremiação luso-paulista garantindo a edição do Livro dos 90 anos do Clube Português, historiando documentadamente as suas principais fases, ao mesmo que reiniciou a acção cultural com uma mesa-redonda, presidida pela escritora Teresa Rita Lopes, vinda expressamente de Lisboa.

O volume foi coordenado pelo professor João Alves das Neves, que destacou a acção desenvolvida, a partir de 1920, pelo empresário e escritor Ricardo Severo, assinalando-se, por acréscimo, os ensaios de João de Scantimburgo acerca do primeiro presidente eleito, António Pereira Ignácio (fundador do grupo empresarial “Votorantim”), e do advogado José de Oliveira Magalhães, autor do estudo “As associações e a Comunidade Portuguesa em São Paulo”, e o esboço da história da agremiação da autoria de Alves das Neves.

Merecem relevo as saudações do presidente Rui Mota e Costa e do Embaixador de Portugal no Brasil (Dr. João Salgueiro), do Governador do Estado de São Paulo (Dr. Alberto Goldsman), do Prefeito Municipal de São Paulo (Dr. Gilberto Kassab) e do Cônsul Geral de Portugal em São Paulo (Embaixador José Guilherme Queiroz Ataíde). E do livro constam ainda a história da Biblioteca Portuguesa de São Paulo, fundada em 1929 (da autoria de Águida Aguiar), a evocação do antigo dirigente Mário Gallo e dos depoimentos de Arnaldo Madeira (Deputado Federal), António de Almeida e Silva (Presidente do Conselho da Comunidade Luso-Paulista), António Júlio Machado Rodrigues (Presidente da Casa de Portugal e do Banco Banif), Artur Belarmino Garrido (com 94 anos – o sócio mais antigo), José Cirilo de Sousa Caldeira e Joaquim Justo dos Santos. Finalmente, são reproduzidas do “Livro de Ouro” dezenas de mensagens autografadas por Carlos Malheiro Dias, Fernanda de Castro e António Ferro (os dois foram prestigiados pelos “futuristas” brasileiros da Semana de Arte Moderna, em 1922), Albino Forjaz de Sampaio, Júlio Dantas, historiadores Duarte Leite e Affonso de Taunay,  Menotti Del Picchia, Poetas António Correia de Oliveira e Vitorino Nemésio e muitos outros intelectuais e artistas portugueses e brasileiros.

A obra publicada fecha com a Fotobiografia do Clube Português e reúne mais de uma cinquentena de fotografias, desenhos e variadas ilustrações que, em 160 páginas, documentam a história da agremiação luso-paulista, principalmente na área cultural.

                       O pensamento político de Fernando Pessoa

 A pesquisadora, ensaísta e professora Teresa Rita Lopes proferiu uma oportuna palestra sobre “As idéias políticas de Fernando Pessoa”, na presença de mais de uma centena de pessoas, ressaltando-se as intervenções de Lygia Fagundes Teles, de João Manuel Simões (de Curitiba), do “pessoano” Carlos Felipe Moisés (da Universidade de São Paulo) e de outros professores e escritores, assim como do público em geral.

Na oportunidade, foi apresentado o livro “Fernando Pessoa, Salazar e o Estado Novo”, da autoria do professor português João Alves das Neves, que reside no Brasil e reuniu dezenas de documentos relacionados com a verdadeira posição do poeta da “Mensagem”  e o nacionalismo,  contrapondo-se à ideologia de António de Oliveira Salazar. Por fim, foi anunciado o projecto do Clube Português de comemorar, em Novembro próximo, o 75º aniversário da morte do grande escritor de Portugal, quando devem ser apresentados e debatidos outros temas literários, além da exibição do vídeo “Fernando Pessoa – o Teatro do Ser”, de Teresa Rita Lopes.

(*) O autor deste artigo é português, tendo emigrado para o Brasil, onde é professor e pesquisador de questões luso-brasileiras, depois ter actuado na imprensa de Portugal, do Brasil, de Angola e de Moçambique.

Advertisements
Explore posts in the same categories: Evento, Imprensa Portuguesa, Livros & Autores

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: